Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Segunda, 12 Julho 2021 22:24
INCLUSÃO

Semudh promove formação em Libras para servidores da Sesau

A primeira etapa do treinamento aconteceu nesta segunda-feira (12) na sede da Semudh

A primeira etapa do treinamento aconteceu nesta segunda-feira (12) na sede da Semudh A primeira etapa do treinamento aconteceu nesta segunda-feira (12) na sede da Semudh Ascom Semudh
Texto de Joanna de Ângelis

A Superintendência de Políticas para os Direitos da Pessoa com Deficiência da Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos – Semudh, por meio da Central de Interpretação de Libras – CIL, realizou nesta segunda-feira (12), o primeira encontro da formação em Língua Brasileira de Sinais – Libras, voltada para servidores da Secretaria de Estado da Saúde – Sesau, mais especificamente do Hospital Metropolitano, Hemoal e Hospital Regional da Zona da Mata, e terá emissão de certificado. 

O curso é ministrado pelo professor Mário Lima e pela intérprete Gilmara Farias, ambos da CIL.

“É algo que veio para nos enriquecer, a nível pessoal e profissional. Ainda mais por saber desse empenho do Estado neste sentido da inclusão. Estou de braços abertos e pronta pra aprender muito com esta turma”, afirmou Mércia Correia, supervisora de recepção do Hospital Regional da Mata.  

“Trabalhar a inclusão é trabalhar a acessibilidade e garantir os direitos da população surda, além de garantir a democratização do atendimento para este segmento”, destacou a secretária da Semudh, Maria Silva. O superintendente de Políticas para os Direitos da Pessoa com Deficiência, Gino Meneses, ressaltou que a ação fomenta a inclusão, além de promover acessibilidade por meio da Libras, beneficiando toda a comunidade surda de Alagoas e priorizando a melhoria e qualificação do acesso aos serviços públicos. 

A Central de Interpretação de Libras (CIL) fica localizada na Rua Dr. Augusto Cardoso, no bairro da Jatiúca e integra a estrutura do Centro Especializado de Atendimento à Mulher – CEAM. Seu trabalho consiste na realização de acompanhamentos em atividades e serviços ligados à saúde, justiça e cidadania.