Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Quinta, 22 Agosto 2019 00:07
CERIMÔNIA

Emoção e integração marcam II edição do Prêmio Gerônimo Ciqueira

Semudh e CEPCD realizaram homenagens a personalidades destaques no trabalho em prol das pessoas com deficiência em Alagoas

Prêmio integra a programação da Semana Estadual da Pessoa com Deficiência que tem seu encerramento no próximo dia 28, com o Baile da Inclusão Prêmio integra a programação da Semana Estadual da Pessoa com Deficiência que tem seu encerramento no próximo dia 28, com o Baile da Inclusão Cortesia Tanino Fotos
Texto de Joanna de Ângelis

“Nessas horas temos que estar juntos, unidos, independente de todas as nossas diferenças. Eu tenho certeza que o Gerônimo queria isso. Ele plantou uma grande semente nesse Estado. Cada um que o conheceu sabe disso. Muito obrigada por tudo isso, por cada passo, cada mão estendida. É uma luta diária que é minimizada com o respeito e o comprometimento de pessoas como as que se fazem aqui presentes”. 

As palavras de Eudócia Ciqueira, esposa do político alagoano símbolo das homenagens da noite, abriram a solenidade do Prêmio Gerônimo Ciqueira 2019. O evento, organizado pela Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos - Semudh em parceria com o Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência - CEPCD, foi criado em 2016 pelo Governo de Alagoas e representa uma celebração a vida e ao trabalho do político alagoano por meio do reconhecimento de instituições e pessoas que se destacam na defesa e promoção dos direitos da pessoa com deficiência no Estado.

Mesa de abertura

Representantes de entidades e instituições da capital e do interior prestigiaram o encontro, que também contou com participação em massa da sociedade. “É um momento de união, de persistência e de luta. Sozinhos não chegaremos a lugar nenhum. Ao conhecer a história de Gerônimo Ciqueira nos admiramos com sua força, sua garra e seu legado. Precisamos dar as mãos e continuar trabalhando juntos para conquistar cada vez mais para quem mais precisa. Nenhum direito a menos. Cada pessoa escolhida para ser homenageada hoje tem uma história emocionante e que nos orgulha imensamente, tal qual Gerônimo”, afirmou a secretária da Semudh, Maria Silva. 

Premiados

Os escolhidos para a solenidade 2019 foram definidos por meio de uma comissão formada por representantes do Gabinete Civil, do Conselho Estadual de Direitos da Pessoa com Deficiência – CEPCD, e da Semudh. Os nomes indicados se destacaram no zelo e na luta por melhoria na qualidade de vida e nos direitos da pessoa com deficiência, como também no desenvolvimento de atividades de lazer, esporte e educação. 

Jorge Porto, presidente do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência e Tereza Amaral, presidente da Associação Pestalozzi de Maceió receberam o prêmio como representação do trabalho das entidades já conhecidas na batalha diária por espaço, visibilidade e ações efetivas. “Agradeço primeiramente ao governador Renan Filho na escolha do nome do prêmio, Gerônimo representa de forma brilhante a luta do nosso segmento. É uma honraria sem tamanho receber esse reconhecimento pelo trabalho que desenvolvemos junto a população, tudo em busca da melhoria do cotidiano de todos eles”, destacou Jorge.

Fundadora da Associação Família de Anjos, Alessandra Hora dos Santos, junto à Maria Celina de Souza, Vovó Ina, receberam a homenagem como símbolo de gratidão e reverência as respectivas famílias que acolheram e tornaram suas. Alessandra por seu trabalho com as mães de crianças com microcefalia em Alagoas, e Vovó Ina pela sua coragem e força ao adotar como suas 27 crianças abandonadas. “O meu projeto é família grande. Filhos registrados e cuidados como meus. É o projeto da minha vida. Minha missão é seguir o ensinamento de ouro de Jesus, fazer aos outros o que gostaríamos que fizessem conosco”, conta Vovó Ina

Educação e Esporte

De mãos dadas no desenvolvimento de ações para a pessoa com deficiência em Alagoas, a educação e o esporte são estratégias que incentivam e motivam a população a crescer e buscar sempre mais. Ponto em que os homenageados Pablo Lucini, técnico do time de Basquete em Cadeira de Rodas do SESI e o capitão Marcelo Gualberto, presidente e treinador da Associação Atlética Anthares  concordam. 

“É um orgulho imenso receber esse prêmio. O que me motivou a trabalhar com o basquete em cadeira de rodas é a própria autoestima dos meus alunos, é o poder de vencer barreiras e quebrar as barreiras que prejudicam a inclusão”, afirmou Pablo. “Nós sabemos que trabalhar com esporte para a pessoa com deficiência é tirar leite de pedra. Através do esporte conseguimos integrar, incluir, expandir e evoluir. É um público que muitas vezes é deixado de lado e o esporte é um instrumento de inserção fantástico. O prêmio veio coroar um trabalho que é feito com carinho, com muito amor e muita dedicação. A minha missão é essa”, completou Marcelo. 

A educação como o principal caminho do crescimento de uma sociedade é um princípio compartilhado pelos homenageados Pedro da Silva Pereira, deficiente visual e coordenador da Educação Especial da Secretaria de Educação do Município de Pilar e Anne Karine, primeira surda de Alagoas a defender uma dissertação de mestrado. Ambos destacaram sua gratidão e ressaltaram a importância do estudo e do compartilhamento de conhecimento como ferramenta de fortalecimento individual e coletivo.

Prêmios Especiais

Durante o encontro dois nomes alcançaram um destaque especial. O primeiro, Ismael Alves dos Santos, recebeu uma homenagem póstuma em nome da Semudh. Ismael foi intérprete da Central de Interpretação de Libras – CIL onde, por meio do seu trabalho, dedicação e respeito pela profissão, fez a diferença na vida da comunidade surda de Alagoas. A família de Ismael recebeu o prêmio em sua memória e emocionou todos os presentes.

A segunda menção honrosa simbolizou a admiração por um trabalho excepcional desenvolvido fora de Alagoas. O presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência – CONEDE e secretário de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência – SEID do Piauí, Mauro Eduardo Cardoso, é o responsável pela implantação dos Centros Especializados de Reabilitação do Piauí e fundador da Associação dos Deficientes Físicos de Teresina – ADEFT, e recebeu a homenagem das mãos da secretária Maria Silva e do superintendente de Políticas para os Direitos da Pessoa com Deficiência da Semudh, Gino César.

Premio Geronimo Ciqueira 3

“É uma construção diária. Se conseguimos algo hoje, amanhã conseguiremos algo mais. Eu sempre me cobro isso. Tenho o apoio de diversas entidades e temos um respeito mútuo pelas instituições que desenvolvem ações afirmativas para as pessoas com deficiência. O trabalho coletivo e integrado de agora vira grandes frutos para toda a sociedade lá na frente. Fiquei muito feliz em ser lembrado durante o evento de hoje, conheci Gerônimo e sei que o seu legado é referência, e nos guia na jornada que busca melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência não só em Alagoas, mas em todo o Brasil”, afirmou Mauro Cardoso.

Acessibilidade

Ao final do encontro a secretária Maria Silva e o superintendente Gino César apresentaram aos presentes as novas vans adaptadas para o transporte de pessoas com deficiência, que estarão disponíveis para utilização das entidades estaduais. 

Vans Acessiveis Semudh

“São dois equipamentos que estão chegando na Semudh para atender, por meio de parcerias com as instituições, a população, de forma a suprir essa carência. Nós sabemos que um dos principais problemas da pessoa com deficiência é a parte de transporte. Vamos buscar a melhor forma de disponibilizar as vans para atender mais e melhor a todos que precisam”, ressaltou Gino.