Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Segunda, 19 Agosto 2019 19:00
SOLENIDADE

II edição do Prêmio Gerônimo Ciqueira acontece nesta quarta-feira (21)

Evento promovido pela Semudh integra a programação da Semana Estadual da Pessoa com Deficiência 2019

Comissão definiu a escolha dos homeageados no início do mês de julho durante reunião realizada na Semudh Comissão definiu a escolha dos homeageados no início do mês de julho durante reunião realizada na Semudh ASCOM SEMUDH
Texto de Joanna de Ângelis

Organizada pela Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos - Semudh em parceria com o Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência - CEPCD, a II edição do Prêmio Gerônimo Ciqueira será realizada no Hotel Jatíuca, nesta quarta-feira (21), a partir das 15h.

Criado em 2016 pelo Governo de Alagoas, o Prêmio é uma homenagem ao político alagoano que dedicou seu trabalho e vida à luta pela proteção da pessoa com deficiência. Gerônimo Ciqueira foi uma importante liderança, um dos idealizadores da Adefal – Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas, foi vereador por Maceió e morreu aos 50 anos enquanto exercia o mandato como deputado federal, sendo a primeira pessoa com deficiência a assumir tal posto.

O Prêmio Gerônimo Ciqueira visa reconhecer instituições e pessoas físicas que se destacam na defesa e promoção dos direitos da pessoa com deficiência no Estado.

"Queremos dar visibilidade às personalidades e entidades que desenvolvem importante trabalho voltado às pessoas com deficiência em Alagoas, e que merecem o reconhecimento público. Nosso objetivo é contribuir para que elas recebam a valorização merecida", afirmou a secretária Maria Silva.

Segundo o edital do Prêmio, os homenageados são escolhidos por uma comissão formada por representantes do Gabinete Civil, do Conselho Estadual de Direitos da Pessoa com Deficiência – CEPCD, e da Semudh. A Comissão se reunião este mês e indicou a presidente da Associação Pestalozzi de Maceió e membro diretivo da FASPEAL, Tereza Maria Barreto do Amaral, o presidente do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência, Jorge da Silva Porto, a mestre em Libras – Língua Brasileira de Sinais, Anne Karine Silva de Góes, primeira mulher surda de Alagoas a defender uma dissertação de mestrado.

Também serão homenageadas, a presidente e fundadora da Afaeal – Associação das Famílias de Anjos de Alagoas, Alessandra Hora dos Santos, Maria Celina Souza, conhecida como Vovó Ina, geógrafa que abrigou 27 crianças adotadas. A família é composta por adultos, adolescentes, pessoas com deficiência e crianças. Para conseguir criar os 27 filhos, Celina criou uma fábrica de biscoitos conhecida como Vovó Ina.

Outro agraciado é Pablo Lucini, técnico de basquete do Time do SESI de cadeirantes, e o maior incentivador, o capitão Marcelo Gualberto Sarmento Chagas, presidente e treinador da Associação Atlética Anthares e Pedro da Silva Pereira, coordenador da Educação Especial da Secretaria de Educação do Município de Pilar.

Menção honrosa

Duas personalidades também serão reconhecidas durante o Prêmio: o presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência – CONEDE e secretário de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência – SEID do Piauí, Mauro Eduardo Cardoso, pelos trabalhos desenvolvidos naquele estado, considerados modelos, e o intérprete da Central de Interpretação de Libras (CIL), Ismael Alves dos Santos, que faleceu em novembro de 2018, receberá uma homenagem póstuma pelos serviços prestados para a população surda de Maceió.

Vans adaptadas

Após a entrega do diploma de reconhecimento durante o Prêmio Gerônimo Ciqueira, haverá a apresentação de duas vans novas com acessibilidade, adaptadas para pessoas com deficiência, adquiridas pela Semudh, que servirão às entidades para PCDs.