Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Quarta, 24 Março 2021 18:18
SALVE MARIA

Semudh e SSP discutem uso de aplicativo para denúncias de violência contra a mulher

Em articulação com o Governo do Piauí, Semudh trouxe para Alagoas a experiência de sucesso do aplicativo Salve Maria

Aplicativo está em fase de adaptação e em breve será lançado oficialmente em Alagoas Aplicativo está em fase de adaptação e em breve será lançado oficialmente em Alagoas Ascom SSP
Texto de Joanna de Ângelis e Vanessa Siqueira

A secretária da Semudh, Maria Silva e o secretário de Estado da Segurança Pública, Alfredo Gaspar se reuniram na manhã desta quarta-feira (24), para debater políticas conjuntas de enfrentamento à violência contra a mulher. Um dos assuntos foi a disponibilização de um aplicativo para receber denúncias dessa natureza.

As duas pastas tem dialogado constantemente para traçar estratégias e frentes de atuação para garantir o direito à proteção às mulheres alagoanas que se encontram em situação de risco por atos de violência.

WhatsApp Image 2021 03 24 at 13.58.31

Uma das estratégias que está em avanço é a do aplicativo Salve Maria, onde será possível acionar a Polícia Militar com a opção “botão do pânico”, para casos de risco iminente de feminicídio ou grave violência física, além de também ser possível o envio de denúncias anônimas sobre agressões (físicas, morais ou psicológicas), com detalhamento de informações, fotos e vídeos que possibilitará acionar uma guarnição para atendimento a ocorrências de violência contra a mulher.

Cedido pelo Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública – SSP/PI e a Agência de Tecnologia da Informação – ATI/PI, em articulação com a Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos – Semudh, o aplicativo disponibilizará às mulheres alagoanas mais uma ferramenta para o enfrentamento à violência doméstica e familiar.

“O ciclo da violência contra a mulher é difícil de ser quebrado, mas quando unimos forças em busca de um propósito, tudo é possível. Junto à Secretaria de Segurança Pública e com o olhar diferenciado e humanizado do governador Renan Filho, construiremos mais um avanço em prol de toda a população feminina. O aplicativo será mais um passo nesse processo e que com certeza trará grandes frutos para todas nós”, reforçou a secretária da Semudh, Maria Silva.

O secretário Alfredo Gaspar destacou a importância da ferramenta e do conjunto de ações desenvolvidas pelas duas secretarias em defesa da mulher alagoana. Ele destacou também a preocupação e empenho da Segurança Pública em garantir esse atendimento às vítimas de violência.

“Estive hoje reunido com a secretária Maria José e outras mulheres da Segurança Pública para discutir ações em conjunto e tratar da implantação desse aplicativo, que sem dúvidas será uma importante ferramenta de combate aos crimes contra as mulheres em nosso estado”, frisou.

Também estiveram presentes na reunião a chefe da Comissão de Articulação de Políticas de Segurança Pública na Prevenção da Violência contra a Mulher, tenente-coronel Camila Paiva, a comandante da Patrulha Maria da Penha, major Danielle Assunção, o superintendente de integração da SSP, coronel J. Cláudio, a superintendente de Políticas para a Mulher da Semudh, Dilma Pinheiro, além de representantes dos setores de Articulação Política, do Ciosp e de Tecnologia da Informação da SSP.