Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Segunda, 11 Dezembro 2017 11:38
PROFISSIONALIZAÇÃO

Mulheres Mil promove formação profissional e inclusão social à mulheres em situação de vulnerabilidade

Cursos que fazem parte do Programa iniciarão no próximo dia 18 deste mês

Mulheres Mil faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), e tem como objetivo promover a inclusão educacional, social e produtiva de mulheres em situação de vulnerabilidade Mulheres Mil faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), e tem como objetivo promover a inclusão educacional, social e produtiva de mulheres em situação de vulnerabilidade Foto: Ascom/Semudh
Texto de Tácila Clímaco

Com o objetivo de promover a inclusão social e econômica, o acesso à educação e o combate à violência contra a mulher, a Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), em parceria com o Instituto Federal de Alagoas (Ifal) realizaram nesta segunda-feira (11), no auditório do Ministério Público do Estado (MP/AL), a aula inaugural do Programa Mulheres Mil.

 

O Mulheres Mil faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), e tem como objetivo promover a inclusão educacional, social e produtiva de mulheres em situação de vulnerabilidade, contribuindo Para a promoção da igualdade de gênero e o combate à violência contra a mulher.

 

Para a dona de casa, Eliane Alves, de 40 anos, o curso é uma grande oportunidade de mudança. “Assim que soube dessa capacitação, corri atrás da documentação para fazer minha matrícula. Estou super ansiosa para começar as aulas e também feliz com a possibilidade de conseguir me recolocar no mercado de trabalho após o término do curso”, declarou Eliane.

 

A secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos, Claudia Simões, evidenciou a importância de promover esses cursos. “Dar a essas mulheres o empoderamento que tanto falamos por meio de oportunidades como essa, que possibilitam a independência financeira é extremamente importante para que elas sejam verdadeiramente agentes do seu próprio destino”, afirmou a secretária.

 

A palestra “Seja a sua melhor versão”, ministrada pela coach de mulheres e especialista em gestão de pessoas, Leide de Almeida fez parte da aula inaugural, que contou também com a presença da coordenadora do Programa Mulheres Mil, em Alagoas, Luiza Jaborandy, do secretário executivo da Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego (Sete), Paulo Coutinho, e da deputada federal Rosinha da Adefal.

 

Os cursos serão iniciados no próximo dia 18, e acontecerão três vezes por semana, na Central da Mulher e dos Direitos Humanos, localizada na Rua Augusto Cardoso, s/nº, na Jatiúca. A duração aproximada de cada capacitação é de seis meses.