Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Sexta, 24 Novembro 2017 12:22
ASSISTÊNCIA A MULHER

Semudh lança a campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulheres

Um dos focos da Campanha é dar visibilidade ao aumento da violência contra mulheres negras

Campanha foi lançada na segunda-feira (20) e segue até 6 de dezembro Campanha foi lançada na segunda-feira (20) e segue até 6 de dezembro Divulgação
Texto de Marília Ferreira

Mostrar dados, debater, divulgar a Lei Maria da Penha e conscientizar os homens a não machucar mulheres são os objetivos da campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra às Mulheres, lançada aqui em Alagoas pela Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), na segunda-feira (20), Dia da Consciência Negra, com a entrega do Centro de Referência de Atendimento à Mulher, em União dos Palmares.

Mundialmente, a Campanha se inicia em 25 de novembro, Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher,  e segue até 10 de dezembro, data que se celebra o Dia Internacional dos Direitos Humanos, passando pelo Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres, marcado para dia 6 de dezembro.

Segundo a superintendente da Mulher, Anne Caroline Fidelis, um dos focos da Campanha, também, é dar visibilidade ao aumento de casos de violência contra mulheres negras. “A Campanha também tem o foco de visibilizar a violência que as mulheres negras vêm sofrendo, visto que o número de violência contra essas mulheres é crescente no País. Por isso, iniciamos a campanha no Dia da Consciência Negra, por meio da inauguração do Centro de Referência de Atendimento à Mulher”, explica a superintendente.

De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea),  no Brasil, no período 2011-2013, estima-se que ocorreram 17.581 óbitos de mulheres por agressões, o que corresponde a uma taxa corrigida de mortalidade anual de 5,87 em cada 100 mil mulheres. As principais vítimas foram mulheres adolescentes e jovens (45% na faixa etária de 10 a 29 anos), negras (64%) e residentes nas regiões Centro-Oeste, Nordeste e Norte.

Campanha do Laço Branco

A Campanha do Laço Branco é uma ação que atua no enfrentamento à violência de gênero e tem como principal objetivo envolver os homens no ativismo contra a violência de gênero.

Durante os 16 Dias de Ativismo, a Campanha do Laço Branco constitui na distribuição de laços brancos para os homens que, ao aceitarem a fita, comprometam-se a combater a violência contra as mulheres em todas as suas formas.

Acompanhe a programação dos 16 Dias de Ativismo pelo link.