Notícia

Mulher e Direitos Humanos

Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos do Estado de Alagoas
Terça, 14 Março 2017 09:17

Conselho de Promoção da Igualdade Racial elege representantes Destaque

Conepir defende a igualdade e o combate ao racismo em vários segmentos

Texto de Marília Ferreira

 

O Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Conepir), vinculado à Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), elegeu na segunda-feira (13), na Casa dos Conselhos, seus treze representantes da sociedade civil para o biênio 2017/2019. A eleição contou com a presença de conselheiros e de um representante do Ministério Público do Estado de Alagoas.

 

A entidade é deliberativa e composta por 26 membros, sendo treze representantes do Governo e treze da sociedade civil. É papel do conselho defender a igualdade racial e combater o racismo nos vários segmentos, a exemplo das religiões de matriz africana, capoeira, quilombolas, indígenas e ciganos.

 

Segundo a presidente do Conepir, Valdice Gomes, a escolha das entidades é democrática. “Essa eleição é um processo democrático. As entidades se inscreveram, apresentaram documentação, se tornaram aptas a votarem e a concorrerem”, explicou.

 

Participaram do processo eleitoral entidades que cumpriram todos os requistos apontados no regulamento das eleições, publicado no Diário Oficial do Estado de Alagoas, em 25 de janeiro deste ano.  A posse dos novos conselheiros acontecerá no dia 11 do próximo mês.

 

As entidades eleitas foram: Federação de Capoeira de Alagoas (Feceal), Comunidade Cigana de Vila Matias (Penedo), Associação Indígena da Aldeia Wassu Cocal, Comitê Intertribal de Mulheres, Coordenação Estadual das Comunidades Quilombolas Ganga Zumba, Associação Desenvolvimento da Comunidade Remanescente de Quilombo Carrasco, Entidade Religiosa Possu Betá, Federação Zeladora das Religiões Tradicionais Afro-Brasileiras de Alagoas (Fretab), Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô, Central Única dos Trabalhadores (CUT/AL), Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira/Sindjornal), Grupo União Espírita Santa Bárbara (Guesb) e Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal).

 
 
Ações